Posts Tagged ‘best-seller’

h1

A menina que roubava livros

17/05/2010

Por Mari Matsunaga

 
 

Retomando os posts anteriores quando escrevemos sobre o best-seller Marley e Eu de John Grogan, A Cidade do Sol de Khaled Housseini, agora escrevo sobre o livro do australiano Markus Zusak, A menina que roubava livro (The book thief), também best-seller em 2009.

O livro é narrado pela morte, no qual Liesel Meminger se encontra ao longo da história. A menina vive na época da Alemanha nazista e se muda com seu irmão e sua mãe comunista (perseguida pelo nazismo) para uma cidade próxima a Munique, Molching. Seu primeiro livro furtado (O manual do coveiro) foi de um coveiro que o deixou cair. Porém ela não sabe ler ainda e assim se inicia a saga da menina que roubava livros. 

O casal Hans e Rosa Humbermann decide adotar Liesel por dinheiro, e ela é educada por Rosa que trabalha para a esposa do prefeito. A menina passa horas na bilbioteca particular do prefeito da cidade, onde depois passa a roubar livros de lá com a ajuda de seu amigo Rudy Steiner que era obrigado a integrar a Juventude Hitlerista.

O pai adotivo de Liesel foi soldado na Primeira Guerra Mundial e recebe em seu porão Max Vandenburg, judeu, filho de seu amigo morto na batalha. Max e a menina se tornam amigos, mas com o avanço da guerra, ele decide deixar a casa dos Hubermann para não causar mais problemas a família.

A esposa do prefeito nota os furtos e decide dar a Liesel um livro de capa preta para que a menina começe a escrever sua própria história. Ela demora a saber o que irá escrever e entitula o livro: A menina que roubava livros – uma pequena história de Liesel Meminger.

O Livro foi lançado em 2007 e retrata a vida aos olhos de uma sobrevivente da guerra, onde o culto a Hitler dominava a Alemanha. Em uma narrativa entre o confronto da infância perdida e os escassos e marcas deixado pela Segunda Guerra Mundial, A menina que roubava livros alcançou as listas dos mais vendidos de 2009. A narrativa corre nas 478 páginas contando as aventuras de Liesel Meminger.

Esse link possui um fórum no qual pessoas debatem e escrevem seus comentários, opiniões sobre o livro. Acessem: http://clubedolivro.forumbrasil.net/livros-autores-internacionais-f6/a-menina-que-roubava-livros-t20.htm

Boa leitura e comentem sobre o livro.

 

 

 

Anúncios
h1

O meu, o seu, o nosso Marley

29/03/2010
 
 
Por Mari Matsunaga
 
Gosto de ler livros que estão nas listas dos mais vendidos. Tenho curiosidade em saber o por que de tantas semanas mantidas em primeiro lugar. Um livro que me chamou a atenção foi ‘Marley e eu: a vida e o amor ao lado do pior cão do mundo’ de John Grogan que é best-seller não só no Brasil, mas em vários países, e que posteriormente virou filme. ‘Marley e eu’ também abriu portas para outros autores escreverem sobre seus animais de estimação.
 
Este livro é um romance autobiográfico, e conta a história de um labrador americano que muda e ‘inferniza’ (com humor) a vida de seus donos. Um cachorro que cresce e se torna ainda mais atrapalhado comendo tudo o que vê pela frente, babando nas pessoas, roubando roupas do varal dos vizinhos e quebrando móveis e portas por medo de trovões.
 
Apesar de todas as trapalhadas de Marley, o autor consegue expor sua vida com Marley, tocando os corações de quem também possui seus bichinhos de estimação. Depois de ler o livro, vi sua adaptação nos cinemas (lançado em dezembro de 2008), que assim como o livro, o filme também bateu recorde de bilheteria, ficando em primeiro lugar durante o período lançado.
 

 

Muitas pessoas se identificam com o livro de Grogan, independente de qual seja seu bicho de estimação, e para mim essa foi a fórmula do sucesso de Marley, contar a história de seu cão terrível e bagunceiro e você poder se reconhecer naquela narrativa, nas situações descritas, pois afinal os gatos, cachorros, passáros já são membros da família. 

“Um cão não precisa de carros modernos, palacetes ou roupas de grife. Símbolos de status não significam nada para ele. Um pedaço de madeira encontrado na praia serve. Um cão não se importa se você é rico ou pobre, educado ou analfabeto, inteligente ou burro. Se você lhe der seu coração, ele lhe dará o dele” – John Grogan. E Grogan nos deixa uma lição, de que temos muito a aprender com os animais de estimação.

Visitem o site para obterem mais informações sobre o filme (elenco, curiosidades, fotos): http://www.adorocinema.com/filmes/marley-e-eu

TRAILER DO FILME (LEGENDADO)